Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Shakhtar contrata gremista Fernando por 5 temporadas

Clube ucraniano pagará 11 milhões de euros pelo jogador, que está na seleção brasileira

Robson Morelli - Enviado Especial, Agência Estado

13 de junho de 2013 | 10h17

BRASÍLIA - A seleção brasileira continua parecendo um balcão de negócios mesmo às vésperas da Copa das Confederações. Parte dos jogadores convocados por Felipão está sendo envolvida em transferências principalmente para a Europa. Nesta quinta-feira, o Shakhtar Donetsk anunciou, de forma oficial, a contratação do volante Fernando, do Grêmio, por cinco temporadas. O clube ucraniano confirmou que pagará 11 milhões de euros (R$ 31,4 milhões) pelo jogador que faz parte da seleção brasileira que disputará a Copa das Confederações.

Nascido em Erechim (RS), o atleta de 21 anos só defendeu o time gremista até hoje em sua carreira profissional e também estava na mira do Napoli, da Itália, que acabou desistindo de contratar o brasileiro. O negócio foi fechado na folga do jogador, após a partida do Brasil contra a França.

O fato é que todas essas negociações estão sendo feitas debaixo do bigode de Felipão, que não aprova nem um pouco esse tipo de comportamento em meio à concentração da seleção, mas que também não tem muito o que fazer. Felipão trabalha duro para dar ao Brasil um padrão tático e técnico de jogo, e tem recebido muita colaboração de seus jogadores, o que facilita seu entendimento à situação. Ele sabe que o fato de a janela europeia estar aberta praticamente o deixa de mãos atadas para impedir que alguns de seus jogadores percam o foco na Copa das Confederações.

Por isso também que a comissão técnica admitiu que Neymar fosse no começo da semana passada resolver sua situação com o Barcelona, que o queria no Camp Nou para a primeira entrevista como novo jogador do clube catalão. "Liberar Neymar foi uma decisão acertada nossa para que o jogador pudesse resolver seus problemas e voltar somente com a cabeça na seleção", reconheceu Parreira. O mesmo tratamento tem todos os outros jogadores. A comissão só pede para que os atletas envolvidos em transações tratem de suas possíveis transferências em dias de folga, como aconteceu com Fernando.

NEGÓCIO

O Grêmio terá direito a 40% do valor adquirido com a transação do volante, pois este é o porcentual dos direitos econômicos que tinha do jogador, que irá para o time ucraniano depois de o clube gaúcho ter apresentado o volante paraguaio Cristian Riveros como reforço, na última terça-feira.

Contando com a confiança de Luiz Felipe Scolari, Fernando já disputou seis partidas com a camisa da seleção brasileira e nos dois últimos amistosos, contra Inglaterra, no Maracanã, e França, na Arena Grêmio, entrou na equipe no decorrer dos confrontos, substituindo primeiro Hulk e depois Oscar.

Após a partida diante dos franceses, Fernando já havia falado em tom de despedida do Grêmio ao comentar o seu futuro depois da Copa das Confederações, na qual o Brasil irá estrear neste sábado, às 16 horas, contra o Japão, em Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.