Shakhtar Donetsk bate Inter e vence primeiro amistoso no Brasil

No estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, time da Ucrânia faz 2 a 1, com gols marcados por Luiz Adriano e Taison

Estadão Conteúdo

23 de janeiro de 2015 | 22h29

Em sua excursão pelo Brasil que serve de preparação para a segunda metade da temporada europeia, o Shakhtar Donetsk conseguiu nesta sexta-feira a sua primeira vitória na série de cinco amistosos. No estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, o time da Ucrânia enfrentou o Internacional e venceu por 2 a 1 - com gols marcados por Luiz Adriano e Taison, ex-jogadores do próprio clube do Rio Grande do Sul.

Antes, o Shakhtar Donetsk havia perdido para o Bahia por 3 a 2, em Salvador, para o Atlético Mineiro por 4 a 2, em Belo Horizonte, e empatado sem gols com o Flamengo, em Brasília. Agora fecha esta inter-temporada em terras brasileiras contra o Cruzeiro, neste domingo, no estádio Mané Garrincha, também na capital federal. Depois, os duelos pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa contra o Bayern de Munique.

Em campo, o técnico uruguaio Diego Aguirre colocou a sua equipe titular o máximo de tempo possível. Só não pode contar com o atacante Vitinho e o zagueiro Réver, recém-contratados. Mas, mesmo com a força máxima, o Internacional sofreu o primeiro gol logo aos cinco minutos de jogo. Luiz Adriano recebeu na área e bateu sem chance para o goleiro Alisson.

Pouco antes do intervalo, sofrendo para furar o forte sistema defensivo dos ucranianos, o Internacional viu outro ex-jogador fazer o segundo gol. Fred enfiou a bola na grande área e Taison bateu forte de primeira para ampliar.

No segundo tempo, o clube gaúcho voltou bem melhor e conseguiu diminuir aos 7 minutos. Eduardo Sasha dividiu com a zaga e ajeitou de cabeça para Aránguiz. O chileno recebeu a bola e empurrou para as redes, diminuindo o placar. O problema é que pouco tempo depois Willians foi expulso e dificultou, e muito, qualquer reação colorada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.