Shakhtar Donetsk/Site oficial
Shakhtar Donetsk/Site oficial

Shakhtar oficializa Marquinhos Cipriano, do São Paulo, que assina por cinco anos

O jogador de apenas 19 anos já tinha um pré-contrato com o clube ucraniano desde março

Estadão Conteúdo

10 Julho 2018 | 16h42

O Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, anunciou nesta terça-feira a contratação do meia-atacante Marquinhos Cipriano, do São Paulo. O vínculo é de cinco anos. O jogador já tinha pré-contrato assinado com o clube europeu desde março, depois de recusar duas propostas de renovação feitas pela diretoria tricolor.

+ Petros se despede do São Paulo, agradece à torcida e promete voltar

+ Veja quem chegou e quem saiu dos clubes da Série A durante a Copa do Mundo

"Estou muito feliz por estar aqui! Espero que eu seja feliz no Shakhtar. Pretendo sempre dar tudo de mim em campo, espero muitas vitórias e gols", disse Marquinhos, em entrevista ao site oficial da equipe ucraniana. "Este é um grande clube, que sempre luta pelo primeiro lugar e atua na Liga dos Campeões. Eu também conheço muitos jogadores de futebol: Marlos, Alan Patrick, Moraes, Dodô, Fernando, Maycon... Eu até joguei contra alguns deles", completou o jogador, que vestirá a camisa 28.

O atleta de 19 anos era uma das promessas do time paulista. A torcida estava esperançosa com a atuação do garoto com a camisa do São Paulo, já que ele foi promovido em janeiro para a equipe principal. Mas pôde vê-lo apenas 30 minutos jogando pelo profissional, no início do ano, quando entrou no segundo tempo da partida contra o São Bento, na estreia do Campeonato Paulista - derrota por 2 a 0.

Depois disso, o clube tentou renovar o contrato de Cipriano, que venceria em 15 de setembro. Com duas recusas do jogador, o São Paulo o fez retornar às categorias de base, em Cotia.

A seis meses do fim do acordo, o Shakhtar fechou pré-contrato com o meia-atacante, que teve passagens pelas categorias inferiores da seleção brasileira. Ele sairia de graça daqui a dois meses, mas, para antecipar sua apresentação, especula-se que o clube ucraniano tenha pago 1 milhão de euros (cerca de R$ 4,5 milhões) aos paulistas. O São Paulo comprou o atleta junto ao Deportivo Brasil por R$ 1 milhão, em 2015, quando ele tinha 16 anos.

Considerado promissor, Marquinhos Cipriano apareceu na 87ª posição em uma lista dos 100 melhores jovens do futebol mundial elaborada pela revista inglesa "Four Four Two".

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.