Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Shandong Luneng contrata Pellè e deve liberar ex-são-paulino Aloísio

Brasileiro já manifestou interesse em retornar ao futebol brasileiro

Estadão Conteúdo

11 de julho de 2016 | 10h46

Ex-clube de Mano Menezes na China, o Shandong Luneng acertou nesta segunda-feira com um reforço de peso. Trata-se do atacante italiano Graziano Pellè, de 30 anos. A imprensa inglesa publica que o clube chinês pagou 12 milhões de libras (R$ 51 milhões) para tirar o jogador do Southampton, da Inglaterra.

Pellè foi um dos destaques da campanha da Itália na Eurocopa, marcando gols nas vitórias sobre Espanha e Bélgica. O atacante só chegou à seleção no ano passado, mas logo assumiu a titularidade da equipe. Já tem 17 jogos, sendo 15 como titular.

No Shandong Luneng, ele vai se juntar ao também atacante Papiss Demba Cissé, senegalês recém-contratado junto ao Newcastle, outro clube inglês. Os valores da transação não foram divulgados.

O elenco do Shandong já conta os brasileiros Gil (ex-Corinthians) e Diego Tardelli (ex-São Paulo e Atlético-MG), além do argentino Montillo (ex-Santos). Assim, o também ex-são-paulino Aloísio, que fica sem contrato, deve ser liberado. Na China, a cota é de cinco estrangeiros por time.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.