Shaqiri ameaça deixar Bayern de Munique após Copa

Pouco aproveitado nesta temporada, meia suíço só aprova ser negociado para um outro clube competitivo

AE, Agência Estado

31 de maio de 2014 | 14h14

MUNIQUE - Apesar da proximidade da Copa do Mundo, o meia Xherdan Shaqiri ainda está com sua atenção voltada ao futebol europeu. Neste sábado, o jogador da seleção da Suíça demonstrou insatisfação com as poucas chances recebidas no Bayern de Munique e avisou que poderá deixar o clube alemão na janela de transferências deste meio de ano.

"Eu não vou passar por outro ano como este último. Se as coisas não mudarem bastante, então terei de mudar alguma coisa", ameaçou o atleta de 22 anos, que deixou o Basel em 2012 para assinar contrato até 2016 com o Bayern. "Teremos de ver o que vai acontecer. Só estaria interessado em me mudar para um clube competitivo", completou.

Apesar da insatisfação, Shaqiri admite que evoluiu como jogador desde que chegou ao clube alemão. "Eu ganhei experiência e as coisas melhoraram esportivamente. Eu melhorei", garantiu o suíço, que preferia o estilo de seu técnico anterior ao de Pep Guardiola. "Eu sinto que Jup Heynckes tinha mais confiança em mim, talvez porque Guardiola conversa menos conosco", revelou.

O jogador participou de 17 jogos da campanha do título do Bayern de Munique do Campeonato Alemão e marcou seis gols. Lesões musculares na coxa direita o impediram de ficar mais vezes à disposição de Guardiola a partir de janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.