Sheffield ganha recurso por escalação irregular de Tevez

O Sheffield United, da Inglaterra, recebeu nesta terça-feira a reposta de uma ação indenizatória contra o West Ham pela escalação irregular dos argentinos Carlos Tevez e Javier Mascherano no Campeonato Inglês da temporada 2006/2007.Segundo o presidente do Sheffield, Kevin McCabe, o West Ham deverá pagar 5,5 milhões de libras (cerca de R$ 18,2 milhões) ao clube pelos prejuízos com ingressos e direitos de televisão que teriam direito se o Sheffield tivesse permanecido na primeira divisão. A ação começou há 16 meses, e o Sheffield pedia 30 milhões de libras (cerca de R$ 104 milhões).Tevez e Mascherano, que tinham se transferido do Corinthians para o West Ham, não poderiam atuar no Campeonato Inglês porque os jogadores estavam vinculados ao grupo de investimentos Media Sports Investment (MSI) e não a um clube, o que é proibido pela Federação Inglesa de Futebol (FA). Com a atuação dos argentinos, o West Ham conseguiu vencer o Manchester United, por 1 a 0, com um gol de Tevez, na última rodada do torneio, salvando a equipe do rebaixamento.Segundo o acordo entre os dois clubes, o caso foi julgado por um tribunal independente e não permite qualquer direito de revisão ou recurso a outro tribunal. No entanto, o Sheffield, que atualmente está na segunda divisão, não deverá conquistar o acesso.

AE-AP, Agencia Estado

23 de setembro de 2008 | 12h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.