Rui Vieira / EFE
Rui Vieira / EFE

Sheffield surpreende e aplica 3 a 0 no Chelsea no Inglês

David McGoldrick marca duas vezes e mantém vivo o sonho da equipe de disputar competições europeias na próxima temporada

Redação, Estadão Conteúdo

11 de julho de 2020 | 17h43

Em busca da vaga na Liga dos Campeões, o Chelsea decepcionou os torcedores neste sábado. Atuando fora de casa, o time londrino foi batido pelo Sheffield United, uma das surpresas deste Campeonato Inglês, pelo placar de 3 a 0. David McGoldrick foi o vilão da equipe comandada por Frank Lampard ao balançar as redes por duas vezes.

A derrota atrapalhou os planos do Chelsea de encaminhar a vaga na Liga dos Campeões. O time está em terceiro lugar, com 60 pontos, mas tem à espreita o Leicester City (59) e o Manchester United (58). No Inglês, somente os quatro primeiros colocados garantem vaga na principal competição de clubes da Europa.

Já o Sheffield ocupa o sexto lugar, com 54 pontos. Surpreendente nesta temporada, a equipe vem fazendo bonito em seu estádio. Jogando em casa, já derrubou rivais do porte de Arsenal e Tottenham. No caso do Chelsea, o anfitrião teve chances até de transformar a vitória em goleada no segundo tempo.

Antes disso, ainda na etapa inicial, David McGoldrick abriu o placar aos 18 minutos ao aproveitar o rebote do goleiro Kepa na pequena área. O segundo gol veio aos 33, depois que Oliver McBurnie acertou forte cabeçada, completando cruzamento preciso da esquerda.

No segundo tempo, mais solto em campo, o Sheffield passou a comandar o duelo com facilidade. Chegava ao ataque sem sustos. E, aos 33, o mesmo McGoldrick anotou o terceiro gol da partida novamente aproveitando rebote. Desta vez, a sobra veio da defesa, após investida pela direita.

Do outro lado do campo, o Chelsea contou com os brasileiros Willian e Jorginho entre os titulares. A dupla, contudo, teve desempenho discreto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.