Shevchenko acredita na Ucrânia e vê pressão sobre rivais

O atacante ucraniano Andriy Shevchenko afirmou, nesta terça-feira, que conta com a condição de ´azarão´ para continuar no Mundial, já que a pressão por resultados estará em seus rivais - o próximo, no caso, seria a Itália, pelas quartas-de-final. "Deverá ser mais fácil para nós porque ninguém espera que vençamos. Nós nos sentimos leves e tranqüilo", ressaltou."O jogo contra a Itália não será fácil, já que estamos ficando cada vez mais cansados com o passar dos jogos", disse Shevchenko, que deverá enfrentar diversos companheiros de seu ex-clube, o Milan. "Eu vi a partida da Itália e eles jogaram ainda melhor quando ficaram com 10 homens em campo. A seleção italiana é uma ótima equipe, com grandes jogadores. Eles sempre são favoritos. Mas toda a pressão estará sobre eles. Nós não temos nada a perder, mas eles terão muito em jogo".Shevchenko alertou ainda que o "espírito" de sua equipe também fará com que a Ucrânia seja uma seleção difícil de ser vencida. "Vamos a campo para mostrar um espetáculo. Somos uma equipe difícil de ser batida, pois temos jogadores de qualidade. Podemos controlar a bola e ditar nosso ritmo. Temos espírito e acreditamos em nosso potencial. Isso tudo pode nos levar longe".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.