Shevchenko anuncia despedida da seleção ucraniana

A derrota por 1 a 0 para a Inglaterra, nesta terça-feira, foi a última partida oficial de Andriy Shevchenko com a camisa da Ucrânia. O maior jogador do futebol daquele país anunciou, após o jogo em Donetsk, que só pretende participar de mais uma partida pela seleção, um amistoso festivo.

AE-AP, Agência Estado

19 de junho de 2012 | 21h33

Aos 35 anos, Shevchenko quer abrir espaço para os mais jovens. "Eu acho que é a hora de dar a oportunidade para os jogadores mais jovens. Eles têm um grande futuro pela frente", disse o atacante do Dínamo de Kiev.

Shevchenko encerra sua carreira internacional como maior artilheiro da história da seleção ucraniana: foram 48 gols em 111 jogos, mais do que o triplo do que qualquer outro. Ele também participou dos dois grandes momentos do futebol local: a Copa do Mundo de 2006 e, agora, a Eurocopa, realizada na Ucrânia em conjunto com a Polônia.

Tal carreira merece uma despedida mais honrosa. "Se possível, quero jogar um jogo a mais. Será provavelmente um amistoso. Eu vou pedir a organização desta partida", disse Shevchenko.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.