Shevchenko ganha a Bola de Ouro

O ucraniano Andriy Shevchenko superou os brasileiros Deco e Ronaldinho Gaúcho e ganhou a Bola de Ouro, prêmio entregue pela revista francesa France Football ao melhor jogador da Europa no ano. O atacante de 28 anos do Milan é o segundo de seu país a ser eleito, igualando o feito de Oleg Blockin, hoje técnico da seleção da Ucrânia, em 1975.Shevchenko conseguiu 175 pontos na votação com jornalistas dos 52 países europeus, contra 139 de brasileiro naturalizado português Deco, que trocou o Porto pelo Barcelona durante a temporada. O terceiro colocado foi Ronaldinho Gaúcho, também do Barça, com 133 pontos. ?Esse prêmio é para meu povo na Ucrânia. Espero que traga um pouco de alegria nesse momento tão difícil no país?, disse o artilheiro do Milan.Ronaldinho Gaúcho e Shevchenko também disputam o prêmio de melhor jogador do ano da Fifa, juntamente com o francês Thierry Henry, do Arsenal. O vencedor será anunciado na próxima segunda-feira.Desde 1999 no Milan, Shevchenko jogou antes apenas no Dinamo de Kiev, da Ucrânia. Seus maiores títulos são o da Liga dos Campeões da Europa, em 2003, e o do Campeonato Italiano, em 2004, sempre como artilheiro do time de Milão.Em segundo plano - Adriano foi o segundo brasileiro mais votado. Ficou em sexto lugar, com 27 pontos. Além dele e de Ronaldinho Gaúcho, apenas Kaká foi lembrado - ficou na 15ª posição, com 7. Nos 49 anos de premiação, os jogadores do País ganharam apenas três vezes o prêmio: Ronaldo, em 1997 e 2002, e Rivaldo, em 1999.O resultado comprova que os "galáticos" do Real Madrid tiveram mesmo um ano ruim. Ronaldo, Roberto Carlos, Beckham, Raúl e Owen (que até o meio do ano jogou no Liverpool) não receberam sequer um voto. Zidane ficou em 23º lugar, com 3, e Figo foi o 22º colocado, com 4.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.