Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Show do Guns n’Roses deixa gramado em Lima irreconhecível; banda tocará no Allianz Parque

Apresentações na arena palestrina em outubro preocuparam palmeirenses

O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2016 | 18h52

Um show do Guns n’Roses que ocorreu no Estádio Monumental, no Peru, no dia 28 de outubro, pode servir de alerta ao Palmeiras. Por meio de um perfil no Facebook, a “La Banda de Odriozola”, torcida organizada do Club Universitário de Deportes, que manda jogos no estádio em Lima, publicou uma foto do gramado muito danificado. Nos dias 11 e 12 de novembro, o Allianz Parque será palco de dois shows da mesma banda norte-americana.

Na postagem, o grupo de torcedores peruanos afirma que o clube recebeu US$50 mil (cerca de R$160 mil) da produtora do show para reparar o gramado. Contudo, a torcida acusa a direção do time de não ter recuperado de fato o campo, mas apenas ter molhado e pintando algumas partes danificadas.

A arena palmeirense recebeu nos dias 13 e 15 de outubro dois shows que danificaram o gramado: respectivamente, do cantor Andrea Bocelli e da banda Aerosmith.  Na ocasião, o técnico Cuca e o diretor de futebol Alexandre Mattos cogitaram uma mudança de local das partidas posteriores nas quais o time seria mandante. Além disso, no dia 26 do último mês, a cantora Mariah Carey cancelou uma apresentação que deveria fazer no dia 1 de novembro no estádio palestrino, fato que gerou alívio a muitos palmeirenses.

O Palmeiras terá dois jogos como mandante no Campeonato Brasileiro em datas posteriores aos shows do Guns n’Roses. O primeiro deles será contra o Botafogo no dia 20 de novembro; já o segundo será uma semana depois contra a Chapecoense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.