Divulgação
Divulgação

Sidão diz que só falta assinar o contrato com o São Paulo

Jogador vai reforçar o time em 2017 e festeja o fato de poder ser treinado pelo técnico Rogério Ceni

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

15 de dezembro de 2016 | 07h04

O goleiro Sidão já realizou exames médicos e cardiológicos no São Paulo e só está esperando assinar o contrato para ser oficializado como a nova contratação do clube para a temporada. "Realizei os exames, agora é só esperar para acertar direitinho e assinar o papel, ainda não botei a caneta lá", afirmou o jogador, em entrevista para a ESPN Brasil.

A expectativa é que o São Paulo anuncie o novo reforço nesta quinta-feira, após assinatura do contrato. O próprio Sidão já mostra empolgação sobre o fato de poder ser comandado por Rogério Ceni, que foi goleiro e será técnico do clube na próxima temporada. "O professor é um monstro, um mito. Vai ser um prazer trabalhar com ele, uma honra", disse.

Sidão teve um ano muito especial, ao ajudar o Osasco Audax a chegar à final do Campeonato Paulista e depois, no Campeonato Brasileiro, ao ser um dos destaques da arrancada do Botafogo pela vaga na Copa Libertadores. Aos 33 anos, ele vê a chance no São Paulo como a grande oportunidade em sua carreira.

A contratação do jogador foi aprovada por Rogério Ceni, que admira goleiros que sabem jogar com os pés. Mas o treinador já avisou que Sidão terá de brigar pela titularidade com Denis e com Renan Ribeiro. A ideia do técnico é dar chance aos três jogadores nas partidas que o clube pode fazer na Florida Cup, nos Estados Unidos, em janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.