Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Sidão falha em estreia e reconhece que Vasco sentiu o peso do 1º gol do Santos

No lance, o goleiro tentou sair jogando com os pés, mas mandou uma bola na fogueira para Ricardo Graça, que acabou desarmado por Rodrygo.

Redação, Estadão Conteudo

12 de maio de 2019 | 20h10

Sidão finalmente estreou com a camisa do Vasco, mas não teve uma tarde muito feliz no Pacaembu. O goleiro contratado no final de abril junto ao Goiás entrou contra o Santos e falhou no gol de Diego Pituca, que abriu a vitória por 3 a 0 nesta quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista após a partida, ele reconheceu que a derrota passou pela falha no início do jogo.

"Eu acho que até o primeiro gol ali foi um erro individual meu, o time estava bem, tentou fazer aquilo que o professor mandou, que era manter a posse de bola, tentar quebrar a linha de pressão deles pra tentar sair com qualidade e eu errei. O Santos fez o gol e eu acho que a partir daí a gente sentiu um pouco e veio esse resultado muito ruim para nós", reconheceu o estreante.

No lance em que falhou, Sidão tentou sair jogando com os pés, mas mandou uma bola na fogueira para Ricardo Graça, que acabou desarmado por Rodrygo. O atacante tocou para Diego Pituca, que ajeitou o corpo e acertou no ângulo do goleiro, sem nenhuma chance de defesa. No segundo e no terceiro gol a marcação falhou coletivamente, mas o goleiro não teve culpa nestas duas ocasiões.

Ainda assim, Sidão saiu de campo vaiado pela torcida do Vasco em seu primeiro jogo com o clube. Ele ficou marcado principalmente pelas saídas de jogo com os pés, deixando a desejar em mais de uma oportunidade. No próximo domingo, já sob comando de Vanderlei Luxemburgo, o time enfrenta o Avaí em São Januário, às 19 horas, pela quinta rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.