Rubens Chiri/SPFC
Rubens Chiri/SPFC

Sidão recebe apoio de Dorival e quer ajudar São Paulo a sair da degola

Jogador tem sido criticado por errar na saída de bola

O Estado de S. Paulo

28 de agosto de 2017 | 07h01

O goleiro Sidão, do São Paulo, tem recebido críticas por parte da torcida principalmente pelos erros na saída de bola. Nas duas últimas partidas, ele falhou ao repor as jogadas e quase entregou de bandeja gols para os adversários. Contra o Palmeiras, no domingo, vacilou, mas também evitou pelo menos mais um gol do rival com uma ótima defesa.

O técnico Dorival Junior optou por colocar o jogador como titular, em detrimento a Renan Ribeiro, e não se arrepende da troca. "Ele errou dois lances com os pés, mas em compensação fez uma defesa que nos manteve vivos na partida até o momento do terceiro gol", explicou o comandante, apostando em seu atleta para que o time saia da zona de rebaixamento do Brasileirão.

Como não vinha atuando, Sidão reconhece que vem sentindo falta de poder jogar com mais frequência, mas evita dar desculpas. "Falta de ritmo todo mundo sente, mas isso não pode ser desculpa ou pretexto. Tenho cooperado da maneira que eu posso, mas o importante não sou eu, temos de pensar no melhor para o São Paulo sair dessa situação", disse.

Ele sempre se mostrou um jogador de grupo e parece sentir os resultados negativos da equipe. E lamentou a derrota no clássico por 4 a 2. "Nossa proposta era marcar forte, porque sabíamos que eles iriam se lançar. Por um certo momento, funcionou. Mas em um ataque que era para a gente definir, acabamos perdendo e sofrendo o terceiro gol", afirmou.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.