Sidão vê duelo do Botafogo contra o Sport como decisão para fugir do rebaixamento

'Uma camisa como a do Botafogo não pode ficar brigando lá embaixo'

Estadão Conteúdo

18 Agosto 2016 | 18h03

Na luta para fugir do rebaixamento, o goleiro Sidão afirmou nesta quarta-feira que o Botafogo precisa encarar como uma final o duelo contra o Sport, neste sábado, às 21 horas, em Juiz de Fora (MG), pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro. "Encaramos como uma decisão. É a oportunidade de conquistarmos duas vitórias seguidas, algo que ainda não conseguimos. Também podemos nos distanciar de vez da zona de rebaixamento e pensar em coisas maiores. Uma camisa como a do Botafogo não pode ficar brigando lá embaixo", disse.

O Botafogo vem vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo no último domingo, no estádio do Morumbi, na capital paulista, e agora tenta embalar no confronto em que tem o mando de campo, mas não poderá atuar no Rio de Janeiro por causa dos Jogos Olímpicos.

Apesar de estar mais distante de casa, o goleiro minimizou o problema. "É sempre bom jogar em Juiz de Fora. O torcedor recebe muito bem a gente. Nos sentimos em casa. Então vamos fazer de tudo para vencer", opinou.

Sidão também elogiou o trabalho do técnico Jair Ventura, efetivado para substituir Ricardo Gomes, que acertou com o São Paulo. O goleiro acredita que o fato de ele ter trabalhado como auxiliar do time facilita o início de um novo trabalho. "Essa semana cheia para treinar foi muito importante. O Jair é um excelente profissional, já conhece o grupo. Está sendo ótimo trabalhar com ele. Estamos nos adaptando bem. Ele está implantando o método dele. Contra o São Paulo já funcionou. É um cara que entende muito", analisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.