Silas admite erros, mas festeja novo fôlego no Grêmio

A vitória por 5 a 1 sobre o Universidade, no último domingo, em Canoas, além de garantir o topo do Grupo 1 do Campeonato Gaúcho ao Grêmio, deu novo fôlego ao pressionado técnico Silas no comando da equipe.

AE, Agencia Estado

08 de fevereiro de 2010 | 10h29

"Essa vitória me deu três dias de tranquilidade para poder trabalhar", afirmou o treinador, em entrevista coletiva após o confronto, se referindo ao fato de que na quarta-feira o Grêmio enfrenta o Araguaia, em Rondonópolis (MT), pela Copa do Brasil.

Silas, porém, admitiu que a vitória do último domingo acabou mascarando erros apresentados pela sua equipe, que precisa evoluir muito e necessita de novos reforços, cobrados pelo treinador no último domingo. "A dificuldade ainda está aí. Não é porque ganhamos um jogo de 5 a 1 que a gente terminou com os problemas. A gente ainda precisa de um lateral-direito, ainda precisamos de mais um zagueiro. É que a vitória esconde um monte de coisas e tivemos muitos erros que a gente precisa corrigir, e a gente vai corrigir", ressaltou.

Ao mesmo tempo, Silas vê o Grêmio no "caminho certo" para buscar as conquistas desejadas. "Hoje (domingo) começou a aparecer um time que marca desde o ataque, começou a aparecer um time que começou a entender o que a gente estava pedindo. Começou a se formar um grupo grande e competitivo", reforçou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioCampeonato GaúchoSilas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.