Silvestre é operado e desfalca Milan por um mês

O zagueiro Matías Silvestre foi operado nesta quinta-feira e virou novo problema para o técnico Massimiliano Allegri no Milan sem sequer ter estreado pelo clube. De acordo com o site oficial do time italiano, o jogador de 28 anos será desfalque por cerca de um mês por conta da lesão nos meniscos.

AE-AP, Agência Estado

12 de setembro de 2013 | 17h09

"O zagueiro não alcançou os objetivos previstos com uma terapia conservativa, razão pela qual foi submetido a uma meniscopatia parcial em artroscopia do joelho direito", explicou o Milan em nota oficial.

A lesão de Silvestre é mais um problema para a já desfalcada defesa do Milan, que perdeu recentemente o zagueiro Bonera e o lateral De Sciglio. Bonera foi operado em julho e ficará afastado até o fim de outubro, enquanto De Sciglio passaria por cirurgia essa semana e sequer tem prazo estipulado para o retorno.

Silvestre, aliás, foi contratado em julho depois que Bonera e Mexès se contundiram durante a pré-temporada. O zagueiro argentino, que começou a carreira no Boca Juniors, chegou da rival Inter de Milão. Ele também tem passagens por Catania e Palermo no futebol italiano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMilanSilvestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.