Javier Lopez/EFE
Javier Lopez/EFE

Simeone desvia de pergunta sobre River x Boca em Madri: 'Minha opinião soma nada'

Técnico do Atlético de Madrid preferiu não opinar em polêmica sobre final da Libertadores na Espanha

Estadão Conteúdo

01 Dezembro 2018 | 11h22

O técnico argentino Diego Simeone preferiu não se manifestar sobre a transferência da final da Copa Libertadores para ser disputada em Madri, no Santiago Bernabéu, estádio do Real Madrid, no dia 9. Perguntado sobre o assunto em coletiva de imprensa, o treinador do Atlético de Madrid se esquivou.

"Sinceramente, sinto que agregar alguma opinião a tudo o que se fala não soma nada. Nada mais do que isso", limitou-se a dizer Simeone. O ex-volante não defendeu nenhum dos dois clubes durante a carreira dele como jogador, mas foi treinador do River Plate, em 2008.

Pelo Campeonato Espanhol, o Atlético de Madrid ocupa o terceiro lugar, com 24 pontos, um a menos do que o Barcelona, segundo colocado, e dois a menos do que o Sevilla, que lidera a competição. A equipe dirigida por Simeone vai enfrentar o Girona neste domingo, fora de casa.

"Vamos jogar contra uma equipe que atua bem, onde o treinador (Eusebio Sacristán) encontrou ao longo das partidas uma forma de aproveitar as melhores características de seus atletas", comentou Simeone, que citou o centroavante uruguaio Cristhian Stuani como uma ameaça ao gol do Atlético de Madrid. O Girona ocupa a sétima posição no Campeonato Espanhol, com 20 pontos ganhos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.