Javier Soriano/AFP
Javier Soriano/AFP

Simeone diz que Diego Costa 'não está pronto para 90 minutos' e faz mistério

Atlético de Madrid encara a Juventus nesta quarta-feira, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões

Redação, Estadão Conteúdo

19 de fevereiro de 2019 | 17h59

O técnico Diego Simeone afirmou nesta terça-feira que Diego Costa ainda "não está pronto para jogar por 90 minutos" ao projetar o duelo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões que o Atlético de Madrid fará contra a Juventus, nesta quarta, às 17 horas (de Brasília), na capital espanhola.

O treinador adotou o mistério ao não revelar se o atacante brasileiro naturalizado espanhol será escalado entre os titulares ou se ficará como opção de banco para o decorrer do duelo que ocorrerá no estádio Wanda Metropolitano.

Diego Costa retornou ao time na semana passada após ficar pouco mais de dois meses afastado por causa de uma cirurgia no pé esquerdo, realizada em 5 de dezembro. Ele saiu do banco de reservas e substituiu Vitolo aos 15 minutos do segundo tempo na vitória por 1 a 0 sobre o Rayo Vallecano, no último sábado, pelo Campeonato Espanhol.

Simeone, porém, preferiu não confirmar a formação do seu ataque, que pode ter Costa ou Morata como parceiro de Griezmann na frente. Uma provável novidade na equipe é a volta do meia Koke, que retorna após quase um mês fora por causa de uma lesão muscular sofrida no dia 19 de janeiro, contra o Huesca, pelo Espanhol. O treinador argentino, porém, despistou: "Vamos esperar até amanhã. Precisamos ver se ele se sentirá bem".

Já o defensor Lucas Hernández ficou fora da lista de relacionados para este duelo contra a Juventus e vai desfalcar o Atlético pelo segundo jogo seguido devido a uma lesão. Mas, independentemente da escalação que mandar a campo e das baixas, o comandante exaltou a necessidade de sua equipe fazer valer o fator campo e tornar o seu estádio um "caldeirão" para abrir vantagem neste mata-mata.

"Pensamos no que podemos dar, em despertar um estádio extraordinário que amanhã explodirá e em conseguir boas sensações através de nosso jogo", ressaltou Simeone. Após o duelo desta quarta-feira, a partida de volta entre as duas equipes será no dia 12 de março, em Turim.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.