Zipi/EFE
Zipi/EFE

Simeone diz que não se esforçaria para clube renovar com Torres

Polêmica aconteceu na entrevista coletiva antes do jogo contra o Copenhague, pela Liga Europa

Estadão Conteúdo

21 de fevereiro de 2018 | 19h50

O técnico Diego Simeone se envolveu em uma polêmica durante a coletiva de imprensa do Atlético de Madrid nesta quarta-feira, véspera do duelo contra o Copenhague, no jogo de volta da segunda fase da Liga Europa.

+ Gattuso diz que vantagem do Milan é enganosa, mas poupará titulares

Uma jornalista afirmou que ele havia feito grande esforço e pedido à diretoria para que Griezmann continuasse na próxima temporada. E, na sequência, ela perguntou se o treinador teria a mesma atitude em relação ao atacante Fernando Torres. Visivelmente irritado com a questão provocativa, ele respondeu: "Não".

Depois da coletiva, o treinador concedeu entrevista ao canal Fox Sports e tentou explicar o ocorrido. "A pergunta queria buscar polêmica. 'Faria o mesmo esforço para que Fernando Torres continuasse assim como Griezmann?' Eu, sendo justo com meus pensamentos, disse não".

Na sequência, ele seguiu atacando a repórter que fez a pergunta. "Está claro que há um grupo que só pensa em uma pessoa e a minha diferença em relação a essas pessoas é que penso em toda a equipe", prosseguiu.

Ao ser novamente questionado sobre o futuro de Fernando Torres no Atlético de Madrid, ele tratou de deixar em aberto. "Quem tem que decidir isso é o clube, o Fernando e nós do Atlético", finalizou.

O Atlético de Madrid venceu o Copenhague por 4 a 1 no jogo de ida, fora de casa. Nesta quinta-feira, o time espanhol pode perder por até dois gols de diferença que avança para as oitavas de final. "Não podemos confiar nesse resultado. Temos que jogar igual jogamos em Copenhague para continuar vivo na competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.