Bjorn Kuipers/ Getty Images
Bjorn Kuipers/ Getty Images

Após suspensão, Simeone ficará fora até o fim do Campeonato

Com punição de três jogos, técnico poderá ver possível título do Atlético de Madrid na arquibancada

Estadão Conteúdo

27 de abril de 2016 | 11h09

O Atlético de Madrid não poderá ser dirigido pelo técnico Diego Simeone nas rodadas finais do Campeonato Espanhol. Nesta quarta-feira, a Real Federação Espanhola de Futebol anunciou a suspensão do treinador por três jogos, exatamente o número de rodadas que faltam para o encerramento do torneio nacional.

No último sábado, na vitória por 1 a 0 sobre o Málaga, Simeone foi expulso após, no último lance do segundo tempo, uma segunda bola ser lançada no campo do banco de reservas do Atlético de Madrid no momento em que o adversário avançava em um perigoso contra-ataque.

Segundo os regulamentos disciplinares, o treinador deve ser responsabilizado se o autor da ação ilegal não for identificado. Nesta quarta-feira, o Comitê de Competições da Real Federação Espanhola de Futebol declarou que o clube não conseguiu identificar o responsável e que "ficou estabelecido que a bola veio da área do banco do Atlético".

Além da suspensão, Simeone foi multado em 3.005 euros (aproximadamente R$ 12 mil), enquanto o clube terá que desembolsar 1.050 euros (R$ 4.190). O comitê também explicou que o Atlético de Madrid pode interpor um recurso para reduzir a punição.

O Atlético é o vice-líder do Espanhol com os mesmos 82 pontos do primeiro colocado Barcelona, que leva vantagem nos critérios de desempate, e um a mais do que o terceiro Real Madrid. Nas três rodadas finais do torneio nacional, o time vai enfrentar Rayo Vallecano, Levante e Celta de Vigo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.