Cristina Quicler / AFP
Cristina Quicler / AFP

Simeone prevê 1ª vitória no Camp Nou: 'Sempre há primeira vez em tudo na vida'

Caso vença o clássico com o Barcelona, Atlético de Madrid dará grande passo em direção a mais uma conquista do Campeonato Espanhol

Redação, Estadão Conteúdo

07 de maio de 2021 | 14h36

Diego Simeone sabe que uma vitória sobre o Barcelona, neste sábado, no Camp Nou, será muito importante para a conquista do título espanhol. Mas que para isso aconteça o técnico do Atlético de Madrid terá de conseguir seu primeiro triunfo na casa do rival catalão.

"Sempre há a primeira vez para tudo na vida", disse o treinador argentino, demonstrando confiança em seus jogadores, que lideram a classificação com 76 pontos, dois à frente do Barcelona e também do Real Madrid, a quatro jogos do final da competição nacional.

Simeone, a exemplo de Ronald Koeman, técnico do Barcelona, destacou o lado mental como o mais importante neste jogo decisivo. O comandante madrilenho destacou a recuperação do adversário no campeonato. "Eles conseguiram fazer um segundo turno muito bom e somaram muitos pontos, graças a um trabalho muito bom de seus atletas e de seu treinador."

O técnico do Atlético não quis fazer nenhuma comparação com a temporada 2013/2014, quando a equipe ganhou o título espanhol, após empate, por 1 a 1, no Camp Nou. "Trata-se de uma outra situação. As equipes vivem momentos diferentes. O importante é que meus jogadores estão confiantes e eu confio totalmente neles para que possamos fazer uma bela partida."

Simeone deverá manter o sistema 4-5-1, com Luis Suárez como referência no ataque. Aliás, esta será a primeira vez que o atacante uruguaio vai enfrentar seu ex-time no Camp Nou. "Sua temporada foi fantástica e confiamos em mais uma boa apresentação", disse o treinador, referindo-se ao seu artilheiro no campeonato, com 19 gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.