Simeone volta ao futebol argentino

O volante argentino Diego Simeone anunciou nesta terça-feira que está deixando o Atlético de Madrid, da Espanha, para defender o Racing, da Argentina. Ele volta, assim, a jogar em seu país, depois de 14 anos no futebol europeu.Aos 34 anos, Simeone estava no banco de reservas do Atlético de Madrid. Insatisfeito com tal situação, o ex-jogador da seleção argentina decidiu aceitar uma proposta antiga do Racing, clube para o qual torce desde criança.?Sou torcedor, mas nunca joguei no Racing. Quando era criança, meu pai me levava ao estádio desde os 8 anos?, contou Simeone, que deixou o futebol argentino aos 20 anos, quando trocou o Velez Sarsfield pelo Pisa, da Itália.O presidente do Racing, Fernando Marín, revelou que tentava convencer Simeone a jogar pelo clube já há um ano e meio. Sua despedida do Atlético de Madrid, por quem jogou apenas 8 das 15 partidas desta temporada, será domingo, contra o Deportivo La Coruña, pelo Campeonato Espanhol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.