Sinval decide continuar no Guarani

A Portuguesa bem que tentou contratá-lo, mas Sinval acabou acertando no final da tarde desta quinta-feira a sua permanência no Guarani. O atacante, inclusive, já segui com a delegação para a cidade de Monte Sião, onde a equipe fará a pré-temporada.Sinval se apresentou ao Guarani na quarta-feira disposto a aceitar a proposta da Portuguesa, clube onde começou a carreira. Ele justificou a mudança pelo fato de não receber salários desde setembro, o que vinha lhe trazendo sérias dificuldades financeiras. O gerente de futebol, Neto Ferreira, não concordou com a liberação do atacante e propôs um acordo. Sinval parcelou os débitos anteriores em três vezes, prometendo cumprir seu contrato até setembro deste ano. "Eles vão pagar o que me devem, então eu fico", disse o atacante.O zagueiro Sangaletti confirmou que também fez um acordo para receber os salários atrasados. E aceitou reduzir seu salário em 40%. "É melhor fazer um contrato que pode ser cumprido, do que ficar esperando a chegada do Papai Noel", ironizou o jogador.O técnico Zé Mário está motivado para o início da temporada. Ele confirmou a contratação do auxiliar Júlio Marinho, ex-lateral-direito do Vasco. Altair Ramos continua na preparação física, enquanto Mauri Lima cuidará da preparação dos goleiros. A diretoria do clube confirmou as demissões do auxiliar Milton dos Santos e de Gomes, coordenador geral do departamento amador.Até agora, o Guarani já confirmou seis reforços: o goleiro César, de 33 anos, do Figueirense; o zagueiro Aderaldo, de 24 anos, do Londrina; o meia Dudu, do Londrina; o atacante Beto, do Itaperuna; o meia Souza, do Botafogo-RJ; e o lateral direito Roberto Silveira, do União Barbarense.O meia Luis Fernando Martinez também está reintegrado ao elenco, depois de ser devolvido pelo Internacional, de Porto Alegre.

Agencia Estado,

03 de janeiro de 2002 | 18h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.