Sinval quer trocar Guarani pela Lusa

O atacante Sinval já definiu as bases contratuais com a Portuguesa de Desportos e só depende da liberação do Guarani para se apresentar no Canindé ao técnico Candinho. O jogador está com dois meses de salários atrasados e, agora, aguarda uma posição da diretoria do time de Campinas. O gerente de futebol, Neto Ferreira, já avisou que não aceita a liberação de Sinval, que foi contratado durante o Campeonato Brasileiro. Na época, ele estava atuando pelo Fortaleza na Série B. Sinval renovou seu contrato, por mais seis meses, antes de sair de férias. "O passe é meu, portanto, fico com liberdade para acertar com quem quiser", comentou o jogador, lamentando muito os seguidos atrasos no pagamento no estádio Brinco de Ouro e confiando em voltar para o Canindé, onde iniciou sua carreira ao lado do ex-meia Denner, já falecido. O caso, agora, está nas mãos dos dirigentes, que não estiveram na apresentação do elenco, nesta quarta-feira. A divergência entre o clube e o atacante, que marcou sete gols pelo Guarani, deixou em segundo plano a presença dos novos reforços do time para a temporada de 2002. Dois deles bem desconhecidos: o meia Dudu, de 21 anos, revelado pelo Vitória e que atuava no Londrina e o atacante Beto, de 21 anos, do Itaperuna. Outra surpresa foi o anúncio do acerto com o lateral direito Roberto Silveira, de 30 anos, revelado pela Ponte Preta e que disputou a Copa do Interior pelo União Barbarense. O Guarani conseguiu "furar" o acerto do lateral com o América de São José do Rio Preto. Outro reforço que não se apresentou foi o meia Souza, ex-Botafogo Carioca, e que estava atuando no futebol do Paraguai. Ele deve chegar a Campinas nesta quinta-feira com a indicação do técnico Zé Mário, que também conversou com o zagueiro Aderaldo, de 24 anos, do Londrina, e com o experiente César, de 33 anos, que já tinham sido contratados ano passado. O elenco segue, nesta quinta-feira, para Águas de Lindóia, onde fica até domingo.

Agencia Estado,

02 de janeiro de 2002 | 18h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.