Situação de Rincón continua indefinida

A contratação de Rincón continua indefinida. Nesta sexta-feira pela manhã o jogador disse que a proposta do clube não o agradou. O Alvinegro oferece cerca de R$ 120 mil por mês para o jogador, e não quer pagar um centavo pelo passe do atleta. Rincón, que recebe no Santos cerca de R$ 400 mil por mês, até aceita a proposta salarial oferecida pelo Corinthians, mas exige que o clube pague cerca de R$ 1,2 milhão pelo passe.Os dirigentes alegam que seria muito arriscado investir tanto em um jogador de 34 anos. "E esse negócio de passe não existe mais", disse o vice-presidente do Corinthians, Antonio Roque Citadini, ao comentar a lei que vai extinguir o passe no fim de março. "Temos agora de trabalhar com essa realidade." O dirigente não considera o assunto Rincón encerrado. "Nós queremos o jogador, e ele também tem interesse em voltar no Corinthians. Ainda estamos negociando, mas admito que é um caso muito complexo, e não há previsão para a definição, mas estou tratando pessoalmente disso."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.