Só a Itália ainda não tem um campeão

A temporada de 2000-2001 acabou, na maior parte da Europa. Menos na Itália e na Espanha. Nesses dois grandes centros do futebol, os campeonatos da Primeira Divisão têm previstas mais duas rodadas antes do encerramento. Os espanhóis, no entanto, já conhecem seu campeão - o Real Madrid. Os italianos ainda se dividem entre Roma, Juventus e Lazio. No resto do continente, as férias chegarão assim que forem disputadas as partidas de meio de semana das eliminatórias.A disputa na Itália está emocionante. A Roma lidera, com 71 pontos, e só depende de mais três, no duelo com o Napoli, na próxima semana, para garantir o terceiro título de sua história. O último veio em 1983, quando ainda brilhava o talento de Falcão no meio-campo. Mesmo que venha a perder, ainda lhe restará o jogo com o Parma, no dia 17, no Estádio Olímpico.A Juventus está em segundo lugar, com 67 pontos, e aguarda tropeço do rival romano, como ocorreu no empate de 1 a 1 com o Milan, no domingo. A equipe de Turim jogará ainda com Vicenza fora e Atalanta em casa.A Lazio, vencedora do torneio do ano passado, tem 66 pontos e possibilidades menores de chegar ao bicampeonato. Não só precisa vencer os jogos que lhe restam (contra Fiorentina em casa e Lecce fora) como torce por duas derrotas da Roma e dois tropeços da Juventus.Na Espanha, as 37ª e 38ª rodadas servem apenas para definir o vice-campeão. O Real Madrid (76 pontos) ganhou com folga, mas o campeão anterior, La Coruña (67), assim como Mallorca (65) e Valencia (63), mantêm esperança de terminar em segundo e garantir vaga na fase principal da próxima Copa dos Campeões. O Barcelona, em 5º lugar com 59, se contenta em ir para a Copa da Uefa.A Inglaterra assistiu, mais uma vez, a passeio do Manchester United, campeão com várias rodadas de antecedência e que terminou com 80 pontos em 38 rodadas. O vice-campeão Arsenal ficou com 70, o Liverpool teve 69. Barbada maior apenas na Holanda, com o PSV Eindhoven chegando ao título com 83 pontos, 17 à frente do Feyenoord.Emocionante foi a definição na Alemanha. Até as últimas rodadas pelo menos cinco equipes tinham chances. Na antepenúltima, sobraram Schalke04 e Bayern Munique. O Schalke tropeçou na penúltima e o Bayern fez a festa na 34ª e última. De quebra, quatro dias mais tarde faturou a Copa dos Campeões.A festa na França coube ao Nantes, campeão pela oitava vez. Em compensação, o Olympique Marselha (15º lugar) amargou a humilhação de ser rebaixado por problemas em sua contabilidade. Em Portugal, a surpresa: o Boavista foi campeão pela primeira vez em 98 anos. O Benfica foi um fiasco e há processo que poderia levá-lo para a Série B, também por fraudes fiscais. Na Turquia, o Fenerbahce quebrou hegemonia de quatro anos do Galatasaray e ganhou o título na última rodada, com 76 pontos contra 73 do rival.

Agencia Estado,

01 de junho de 2001 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.