Só a vitória interessa ao Avaí amanhã

A permanência no G-8 é tudo o que o Avaí deseja amanhã diante da Portuguesa. Dosando cautela e ofensividade, estratégias defendidas pelo técnico Jair Pereira, o Avaí entra no gramado do Canindé sem abrir mão dos três pontos, como forma de segurar a boa colocação, ou seja, permanecer entre os oito primeiros no Campeonato Brasileiro de Futebol da Série B. Durante a semana de preparação, ele também pregou a inteligência como fator mais importante para que seja solidificado o objetivo da equipe diante da Lusa. "Estamos chegando numa fase do tudo ou nada. É o momento da gente dar o pulo do gato", prega. O data show, uma das ferramentas da informática, foi insistentemente utilizado ao longo da semana. Através de gráficos e planilhas de ações táticas, Jair Pereira fez com que seus jogadores assimilassem as estratégias de jogo, especialmente o de amanhã à noite. O objetivo exclusivo, mesmo jogando na casa do adversário, é de vencer para evitar a dependência da matemática em combinações de resultados nas últimas rodadas. O time joga sem o meia Mazinho, que ainda se recupera de um estiramento na coxa. Sua vaga será ocupada por Marcelinho, que tem entre suas principais características, o bom aproveitamento nas jogadas de bola parada. O volante Daniel Rossi, que há duas partidas desfalca a equipe, já se recuperou de uma lesão no tornozelo e volta ao time para dar mais segurança ao setor de meio de campo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.