Érico Leonan/Divulgação
Érico Leonan/Divulgação

Só Corinthians e Atlético-MG não trocaram técnicos

Até a 34ª rodada, já houve 30 mudanças nas 20 equipes da Série A

O Estado de S.Paulo

11 Novembro 2015 | 14h53

No Brasileirão continuidade é sinônimo de resultado. Dos 20 clubes que disputam a Série A apenas Corinthians, virtual campeão, e Atlético-MG, vice-líder, não trocaram de treinador após 34 rodadas.Tite e Levir Culpi continuam no comando das equipes mais bem colocadas do campeonato.

O Avaí,que mantinha o mesmo técnico desde o Estadual, dispensou Gilson Kleina na noite desta terça-feira em um "acordo amigável."

O clube catarinense é o primeiro time fora da zona de rebaixamento e ocupa a 16ª colocação, com 35 pontos. A ideia de trocar o treinador, de acordo com o Avaí, foi criar "um fato novo", numa tentativa de evitar o descenso.

Até a 34ª rodada, o Brasileirão já viu 30 trocas de técnicos e a maioria delas não foi nada 'amistosa' como sugere a saída de Kleina. Impera a demissão.

Há casos curiosos. Doriva dirigiu três clubes só neste Brasileirão. Começou no Vasco, onde foi demitido. Depois, assumiu a Ponte Preta. O técnico deixou o clube de Campinas para assinar contrato com o São Paulo, que o demitiu após sete jogos.

Vanderlei Luxemburgo também foi demitido duas vezes neste Brasileiro: Flamengo e Cruzeiro dispensaram o treinador cinco vezes campeão Nacional.

Já o São Paulo começou o Brasileirão com interino (Milton Cruz) e vai terminar o campeonato também sob o comando do interino. A diretoria já avisou que só vai procurar treinador para 2016. E um dos cotados é Diego Aguirre, demitido pelo Internacional neste Brasileirão.

                  

Trocas de técnico no Campeonato Brasileiro

Luiz Felipe Scolari - Grêmio

Ricardo Drubscky - Fluminense

Vanderlei Luxemburgo - Flamengo

Marcelo Oliveira- Cruzeiro

Hemerson Maia - Joinville

Milton Cruz - São Paulo

Marquinhos Santos - Coritiba

Oswaldo de Oliveira - Palmeiras

Doriva - Vasco

Hélio dos Anjos - Goiás

Márcio Fernandes - Santos

Adílson Batista - Joinville

Guto Ferreira - Ponte Preta

Diego Aguirre - Internacional

Argel Fucks - Figueirense

Celso Roth - Vasco

Cristóvão Borges - Flamengo

Vanderlei Luxemburgo - Cruzeiro

Vinicius Eutrópio - Chapecoense

Renê Simões - Figueirense

Enderson Moreira - Fluminense

Julinho Camargo - Goiás

Eduardo Batista - Sport

Milton Mendes - Atlético Paranaense

Osorio - São Paulo

Doriva - Ponte Preta

Arthur Neto - Goiás

Ney Franco - Coritiba

Doriva - São Paulo

Gilson Kleina - Avaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.