Só um milagre salva a Portuguesa da Série C em 2015

Com a derrota para o Icasa, equipe chega a 11 jogos sem conseguir uma vitória em casa, o maior jejum nos 94 anos do clube

Glauco de Pierri, O Estado de S. Paulo

25 de outubro de 2014 | 16h44

A matemática é cruel com os torcedores da Portuguesa. Sem vencer há 13 rodadas na Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe foi derrotada na noite de sexta-feira por 2 a 1 para o Icasa, pela 32.ª rodada, no estádio do Canindé, em São Paulo, que recebeu um público 453 torcedores. Para piorar, a equipe chegou a 11 jogos sem conseguir uma vitória em casa - o maior jejum nos 94 anos do clube.

Lanterna, estacionada nos 21 pontos, em 32 jogos a Portuguesa conseguiu apenas 3 vitórias, empatou 12 vezes e perdeu o jogo em 17 oportunidades. Assim, até agora o time tem um aproveitamento de apenas 21,9% dos pontos, muito pouco para quem começou o ano lutando para voltar à Série A nos tribunais. A seis jogos do fim do torneio, só um milagre o salvará de ter de jogar a Série C em 2015.

Na próxima rodada, a Portuguesa visita o Oeste, em Itápolis (SP), e, se não vencer, poderá ter o descenso, que parece ser apenas questão de tempo, sacramentado - será a primeira vez que a Portuguesa disputará a terceira divisão do futebol nacional.

Após a partida contra o Icasa, os jogadores da Portuguesa não escondiam a tristeza por causa da posição do time na Série B. "Infelizmente estamos nessa situação. Agora é treinar e jogar. Vai ser muito difícil, mas vamos tentar trabalhar para pelo menos honrar o nome da Portuguesa", disse o garoto Fernando.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.