Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Sob desconfiança, Santos estreia em Lins no primeiro jogo com Jair Ventura

Time da Vila Belmiro vai contar apenas com uma contratação em campo: o lateral Romarinho

Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

17 Janeiro 2018 | 07h00

Com cara nova no banco de reservas, além de baixas no seu elenco principal e poucas novidades dentro de campo, o Santos inicia nesta quarta-feira, às 19h30, a sua participação no Campeonato Paulista diante do Linense, no Estádio Gilberto Lopes, tentando superar a desconfiança que marca o começo da temporada do clube.

+ Confira a tabela do Campeonato Paulista

O principal foco da atenção no Santos nesse momento é o técnico Jair Ventura, que assumiu o comando do time após trabalho relevante no Botafogo. E agora na Vila Belmiro, ele vai encontrar um cenário bem parecido ao do clube de General Severiano, com poucos recursos financeiros para investimentos em reforços, o que levou o clube a ser apontado como "quarta força" do Estado.

No time que vai estrear nesta quarta em Lins, o Santos contará com apenas uma contratação em campo. Será o lateral-esquerdo Romário, que se destacou no acesso do Série B à elite do futebol brasileiro em 2017. E ele terá o desafio de ocupar a vaga que era de Zeca, que tenta se desligar do clube na Justiça.

As outras novidades na escalação do time vão ser o meia argentino Vecchio, que começará a temporada como titular e sob a responsabilidade de substituir Lucas Lima, hoje no Palmeiras, e o centroavante Rodrigão, que ficou com a vaga de Ricardo Oliveira, que não teve seu contrato renovado e se transferiu para o Atlético Mineiro.

O confronto com o Linense é apenas o primeiro do Santos, mas já será importante exatamente para Rodrigão. Afinal, o atacante está de volta ao clube após atuar por empréstimo no último ano pelo Bahia. E ele precisa logo de gols para se firmar na equipe, que busca se reforçar com um camisa 9.

"O departamento de futebol está procurando alguém, mas temos de olhar para dentro, ver quem está bem. O ano passou, o treinador mudou, e eu sempre deixei claro que quem estiver no melhor momento vai jogar, independentemente do salário, quem estiver melhor vai jogar", afirmou Jair Ventura, que vai escalar Copete e Bruno Henrique ao lado de Rodrigão no setor ofensivo.

O restante do time mantém a base de 2017, com jogadores como os experiente David Braz e Vanderlei, ambos do sistema defensivo, sendo as principais referências. E Jair conta com a liderança deles para bater o Linense, que iniciou antes a sua preparação. "Ainda é cedo, mas com o tempo chegaremos na parte ideal", afirmou.

Para a estreia do Linense no Paulistão, o técnico Moacir Júnior optou pelo mistério e não revelou o time que entrará em campo diante do Santos. No entanto, o treinador deu algumas pistas e garantiu que irá usar boa base do time que vinha sendo utilizado durante a pré-temporada. A grande expectativa está em cima do meia Thiago Humberto, mas ele não deve ter condições de jogo para a estreia.

A tendência é que Moacir Junior aposte em um trio ofensivo formado por Berguinho, Kauê e Murilo, com Marcão, Bileu e Danielzinho no meio de campo. "Temos a expectativa de fazer um bom jogo. Respeitamos a grandeza do Santos, mas jogamos em casa e precisamos impor nosso ritmo para tentar buscar um resultado positivo", comentou o técnico.

FICHA TÉCNICA

LINENSE X SANTOS

LINENSE - Victor Golas; Reginaldo, Leandro Silva, Adalberto e Eduardo; Bileu, Marcão e Danielzinho; Murilo (Thiago Humberto), Kauê e Berguinho. Técnico: Moacir Junior.

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Romário; Alison, Renato e Vecchio; Bruno Henrique, Copete e Rodrigão. Técnico: Jair Ventura.

ÁRBITRO - Luiz Flavio de Oliveira (Fifa).

HORÁRIO - 19h30.

LOCAL - Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.