Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Sob o comando de interino, Vasco tenta reagir no Brasileirão contra o Atlético-MG

Goleiro Sidão deve ser uma das novidades na escalação de Marcos Valadares

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

01 de maio de 2019 | 09h06

Vindo de quatro derrotas nos últimos cinco jogos, incluindo a goleada por 4 a 1 na estreia no Campeonato Brasileiro diante do Athletico-PR, o Vasco tenta retomar o rumo nesta quarta-feira diante do Atlético-MG, em São Januário, a partir das 21h30. Mais uma vez, o time será dirigido pelo interino Marcos Valadares, que segue com problemas para montar o time. O treinador, contudo, deve ter reforço no gol.

Contratado recentemente, o goleiro Sidão treinou com o grupo e tem chance de fazer sua estreia. Ele chegou essa semana e participou normalmente das atividades. O titular Fernando Miguel está lesionado e nem sequer foi relacionado. A outra opção para o gol é Alexander, de apenas 19 anos, que atuou também em Curitiba.

O zagueiro Leandro Castán é outro que segue fora do time, também por motivo de lesão. Para o seu lugar, Marcos Valadares mantém uma dúvida: manter Miranda ou deslocar o volante Lucas Santos para a posição.

No ataque, Rossi tem chances de voltar. O jogador se machucou ainda na semifinal do Campeonato Carioca, diante do Bangu, e desde então não atuou mais. Havia a expectativa de que ele ficasse à disposição já para a estreia no Brasileirão, mas o jogador acabou internado com problemas estomacais. Agora, depende apenas de suas condições físicas para reforçar o setor ofensivo. Nesse caso, ele seria opção para a vaga de Pikachu ou de Maxi Lopez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.