Ricardo Ayres/Photocamera
Ricardo Ayres/Photocamera

Sob olhares de Felipão, Fluminense ganha do Resende no Maracanã

Tricolor contou com um gol do argentino Conca para vencer por 1 a 0

Marcio Dolzan, Agência Estado

30 de janeiro de 2014 | 00h14

RIO - Ainda não foi uma daquelas partidas para dar confiança ao torcedor, mas o Fluminense voltou a vencer nesta quarta-feira e se aproximou dos líderes do Campeonato Carioca. Sob os olhares do técnico Luiz Felipe Scolari, que foi ao estádio fazer observações para a próxima convocação da seleção brasileira, a equipe recebeu o Resende no Maracanã e ganhou por 1 a 0, gol do meia argentino Conca.

Cobrado pelas apresentações ruins nas duas primeiras rodadas do campeonato, o técnico Renato Gaúcho passou a insistir que a equipe do Fluminense iria melhorar com o passar dos jogos e com a evolução no condicionamento físico. E, aparentemente, isso vem se confirmando. O que se viu na noite desta quarta-feira no Maracanã foi um bom jogo de futebol no primeiro tempo, com trocas rápidas de passes e chegadas firmes ao ataque, mas uma atuação morosa na etapa final.

Muito disso também se deveu ao futebol apresentado pelo Resende. O time do técnico Paulo Campos vem fazendo uma campanha razoável na competição e impôs dificuldades ao Fluminense - não por se fechar em campo, mas, sim, por também buscar o gol adversário.

Mais uma vez comandado por Conca, o Fluminense foi quem teve a iniciativa de jogo na primeira etapa. O meia argentino tratou de articular as jogadas, distribuir a bola para os flancos e aparecer sempre na área para tentar a finalização.

O único gol da partida foi marcado aos 23 minutos. Jean fez a triangulação na direita com Rafael Sóbis e rolou na entrada da área para Conca, que girou o corpo e chutou rasteiro. O goleiro Mauro chegou a tocar na bola, mas ela acabou escapando e entrando no canto direito.

O gol não chegou a abalar o Resende. Bem postado em campo e contando com a boa atuação do volante Hiroshi, o time arriscou algumas investidas e ameaçou mais de uma vez a meta defendida por Diego Cavalieri.

No segundo tempo, porém, o Fluminense foi perdendo gradativamente seu ímpeto ofensivo e passou a ter dificuldades em trabalhar a bola no meio. Conca já não apareceu tanto para o jogo, enquanto Bruno e Carlinhos diminuíram os avanços ao ataque. Já o atacante Fred, titular da seleção brasileira, que ainda está longe de seus melhores dias após voltar de lesão, movimentou-se pouco na frente.

Com as chances de ampliar o marcador cada vez mais escassas, Renato Gaúcho passou, aos poucos, a se contentar com a vantagem mínima. O treinador sacou Valência e Rafael Sóbis, colocando em campo Wagner e Chiquinho. O time perdeu em velocidade, mas ganhou fôlego para, no fim, garantir a vitória, chegando aos sete pontos no Campeonato Carioca.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 1 X 0 RESENDE

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivélton e Carlinhos; Valencia (Wagner), Diguinho, Jean e Conca; Rafael Sóbis (Chiquinho) e Fred . Técnico - Renato Gaúcho.

RESENDE - Mauro; Muriel (Admilton), Marcelo, Thiago Sales e Everton (Gerson); Hiroshi, Bruno Gallo, Léo Silva, e Marcel; Giovanni Maranhão (Peter) e Clébson. Técnico - Paulo Campos.

GOL - Conca, aos 23 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Estevão Cunha da Trindade.

CARTÃO AMARELO - Conca, Everton e Peter.

RENDA - R$ 140.240,00.

PÚBLICO - 5.934 (6.995 presentes).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato CariocaFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.