Jason Cairnduff/Reuters
Jason Cairnduff/Reuters

Sob olhares de Tite, Inglaterra bate Costa Rica, rival do Brasil na Copa

Rashford e Welbeck marcaram os gols da vitória por 2 a 0, nesta quinta-feira, em Leeds

Estadão Conteúdo

07 Junho 2018 | 18h02

A Inglaterra recebeu a Costa Rica nesta quinta-feira e venceu com tranquilidade o amistoso realizado em Leeds. Sob os olhares do técnico da seleção brasileira, Tite, o time da casa teve uma boa atuação, dominou o aniversário nos 90 minutos e levou a melhor por 2 a 0, fechando em alta a preparação para a Copa do Mundo da Rússia.

+ Reserva do gol da França, Areola minimiza críticas a Lloris: 'Vai nos salvar'

+ Com volta do meia Granit Xhaka, Suíça pega o Japão em último teste antes da Copa

A seleção inglesa não teve maiores dificuldades para vencer mesmo com um time misto. Dele Alli entrou apenas no segundo tempo, assim como Cahill, enquanto nomes como Sterling e Harry Kane sequer foram a campo. Do outro lado, a Costa Rica foi observada de perto por Tite, que estava no estádio em Leeds, já que será adversária da seleção brasileira na primeira fase da Copa.

Este foi o primeiro confronto entre as seleções desde a última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, quando ficaram no 0 a 0. Na ocasião, a Costa Rica avançou às oitavas de final e a Inglaterra foi surpreendentemente eliminada na primeira fase.

Desta vez, porém, o time inglês não deu chances para o adversário e abriu o placar logo aos 12 minutos. Rashford recebeu na intermediária, pela direita e encheu o pé. A bola saiu cheia de efeito e encobriu Navas, que pareceu não acreditar que ela cairia no gol.

 

O time inglês seguiu em cima e poderia ter ampliado com Vardy. Aos 20, ele dominou sozinho na área e finalizou na saída de Navas, que foi rápido e bloqueou o chute. Na volta para o segundo tempo, o goleiro do Real Madrid voltou a trabalhar em finalização de Henderson. E quando foi batido, viu Oviedo salvar em cima da linha após tentativa de Maguire.

Os ingleses eram donos da posse de bola e controlavam a partida em ritmo lento. Até que apareceu a estrela de Dele Alli para criar a jogada do segundo gol. Aos 30 minutos, ele tabelou pela esquerda com Rashford, recebeu na área e cruzou na cabeça de Welbeck, que mergulhou para marcar.

Este foi o último amistoso da Inglaterra, que está no Grupo G da Copa do Mundo, ao lado de Panamá, Bélgica e Tunísia, adversária da estreia no dia 18 de junho, em Volgogrado.

Já a Costa Rica disputa um último amistoso segunda-feira que vem, contra a Bélgica, em Bruxelas. O time centro-americano está no Grupo E do Mundial, que, além do Brasil, conta com Suíça e Sérvia, adversária costarriquenha na estreia, dia 17, em Samara.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.