Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Sob pressão e sem ataque titular, Grêmio pega Vitória nas oitavas da Copa Brasil

Torneio é a chance de o time ainda conquistar título no segundo semestre após desempenho pífio no Brasileiro e eliminação na Sul-Americana

Redação, Estadao Conteudo

27 de julho de 2021 | 06h36

Penúltimo colocado do Brasileirão e eliminado da Copa Sul-Americana, o Grêmio tem na Copa do Brasil a grande esperança por dias melhores na temporada. Mas, Felipão terá de quebrar a cabeça para armar o time na visita ao Vitória, às 21h30, em Salvador, no duelo de ida das oitavas de final. Além da enorme cobrança dos torcedores, o treinador ainda terá muitos desfalques. São sete ausências importantes. Seu setor ofensivo inteiro está machucado.

Depois de perder Ferreira há dois jogos, com lesão, Felipão ficou sem Douglas Costa e Diego Souza após o empate com o América-MG. Ambos saíram com problemas musculares e serão desfalques por algumas rodadas. Além dos atacantes, Kannemann e Rafinha também estão contundidos. Ele já não tinha Brenno e Matheus Henrique, com a seleção olímpica. Jogará, portanto, sem sete titulares.

A notícia boa é a volta de Pedro Geromel à defesa, ao lado de Ruan. O titular está recuperado de desgaste muscular. Com o experiente jogador da defesa, o comandante gaúcho estuda abrir mão do esquema com três zagueiros que fracassou diante dos mineiros, para ter mais força na frente.

O Grêmio quer "voltar vivo" na disputa por vaga às quartas de final, ao mesmo tempo que tentará um triunfo em Salvador para erguer um pouco o astral do grupo. O embarque em Porto Alegre foi tenso, com muitas cobranças, xingamentos e até promessa de agressão.

Jean Pyerre, ainda devendo boas apresentações na temporada, tem tudo para voltar à armação das jogadas. Alisson e Ricardinho jogariam mais avançados e com ordem expressa para não falharem nas finalizações como diante dos mineiros. Os gaúchos consideram que o desempenho da equipe melhorou, faltam apenas os triunfos para o resgate da paz. Desta forma, capricho é vital.

Ao menos com Felipão, fora de casa o Grêmio está imbatível. Ganhou de LDU e Fluminense, ambos por 1 a 0, e tenta fazer a trinca nesta terça-feira.

Depois de perder do Inter em casa e ter de buscar a virada e a classificação no Beira-Rio, os baianos querem explorar a pressão sobre o Grêmio e fazer valer o mando de campo também por paz. O Vitória é apenas o 15° da Série B e luta só contra a queda. Ir além da Copa do Brasil virou um sonho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.