Sob pressão, Flamengo enfrenta o Sport no Maracanã

O volante Lenon e o meia Zé Roberto quase levaram ao pé da letra a briga por uma posição no time titular do Flamengo para a jogo deste sábado, contra o Sport, a partir das 18h30, no Maracanã. Em treino tático realizado nesta sexta-feira, na Gávea, os dois chegaram a trocar empurrões e precisaram ser separados pelos companheiros.

AE, Agencia Estado

12 de setembro de 2009 | 08h22

Veja também:

linkCheio de desfalques, Sport encara o Flamengo no Rio

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Quando era marcado por Zé Roberto, Lenon não gostou da forma como o companheiro o acossou e revidou com um empurrão. Além disso, o jovem volante de 19 anos tentou dar uma "voadora" no meia. Quem estava próximo ao lance separou os dois, evitando a briga. Depois, o técnico Andrade conversou com eles e preferiu minimizar o fato.

O episódio dá a medida de como andam os nervos dos jogadores para o importante jogo contra o Sport. Se o Flamengo ainda pretende alcançar o grupo dos quatro primeiros colocados do Brasileirão, que se classificam para a Libertadores de 2010, não pode nem pensar em outro resultado que não seja a vitória neste sábado - está em 11.º lugar.

Diante da pressão pela vitória, Andrade testou uma formação mais ofensiva durante a semana, mesmo sem a presença do atacante Adriano, que estava com a seleção brasileira. A tendência é que, com a suspensão do volante Willians, o treinador opte por manter Zé Roberto no time, auxiliando Petkovic na armação de jogadas para um ataque forte, com dois homens de área: Denis Marques e Adriano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.