César Greco / Agência Palmeiras
César Greco / Agência Palmeiras

Sob pressão, Palmeiras fecha preparação para enfrentar o Bragantino fora de casa

Wesley pode aparecer entre os titulares e Gabriel Verón volta a ser relacionado após lesão

Redação, Estadão Conteúdo

05 de setembro de 2020 | 16h54

Sob pressão em razão das más atuações no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras finalizou na manhã deste sábado a preparação para o duelo contra o Red Bull Bragantino, marcado para este domingo, às 11 horas, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Na atividade, o técnico Vanderlei Luxemburgo separou os 11 prováveis titulares e os orientou no centro do campo. Na sequência, com 11 jogadores do outro lado, o treinador comandou uma atividade tática. Ele tem sido muito criticado pela torcida.

A comissão técnica ensaiou marcações, balanços, transições rápidas, bolas aéreas, ultrapassagens e troca de posições entre os atletas. Por fim, alguns jogadores treinaram cobranças de faltas e pênaltis. Ao todo, foi uma hora e meia de trabalhos.

Com as exibições ruins nos últimos jogos, sem conseguir agredir os adversários e com muita dificuldade na criação das jogadas, existe a possibilidade de Luxemburgo abrir mão de um dos três volantes que têm utilizado e escalar mais um meia ou atacante.

O jovem Wesley tem entrado bem e pode aparecer entre os titulares. Gabriel Verón se recuperou de lesão muscular na coxa esquerda, voltou a ser relacionado e também é uma opção para o ataque. Ele não atua desde 4 de março.

Certo é que o treinador confirmou que vai escalar Vitor Hugo ao lado de Gustavo Gómez na defesa. O defensor substitui Luan, suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos, e fará sua sexta partida na temporada. Felipe Melo continua fora.

No duelo em Bragança, válido pela oitava rodada, o time alviverde vai atrás de tranquilidade para a sequência da temporada. A equipe tem apresentado um futebol pobre tecnicamente. Mesmo assim, é a única invicta no Brasileirão e ocupa a oitava colocação, com dez pontos, fruto de duas vitórias e quatro empates em seis jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.