Bruno Aragão/ Ceará
Bruno Aragão/ Ceará

Sob risco de rebaixamento, Ceará inicia série de jogos contra times do G-7

Equipe enfrenta o São Paulo neste domingo, às 19h, na Arena Castelão

Redação, Estadao Conteudo

24 de novembro de 2019 | 15h26

A um ponto da zona de rebaixamento do Brasileirão, com 36 pontos, o Ceará tem apenas mais cinco jogos para tentar evitar a queda, e três deles são contra integrantes do G-7. A série de alto nível de dificuldade começa neste domingo, em duelo contra o sexto colocado, o São Paulo, com início marcado para as 19 horas, na Arena Castelão, pela 34ª rodada.

Depois do embate com os são-paulinos, o Ceará pega o líder Flamengo e, na sequência, o Athletico-PR, atualmente em quinto lugar. Os duelos finais são contra o oitavo colocado, o Corinthians, que briga por uma das vagas na Copa Libertadores, e o Botafogo, adversário direto na briga permanência na elite do futebol nacional.

"Independente do adversário, nós temos que jogar pela vitória, ainda mais em casa. Estudamos a equipe deles e sabemos o que temos que fazer para conquistar nosso objetivo. Isso passa pela inteligência emocional, temos que saber lidar com a situação em que estamos no momento", revelou o técnico Adilson Batista.

O Ceará vem de duas derrotas seguidas por 1 a 0: no clássico com o Fortaleza e depois diante da Chapecoense, um rival na luta contra a degola.

Batista deixou uma dúvida em aberto na escalação do time. Existe a possibilidade de que o meia Chico seja mantido como titular, mas não descarta voltar a utilizar o volante Pedro Ken, em escolha que deixaria a formação mais defensiva. O zagueiro Luiz Otávio chegou a ser dúvida por causa de uma fascite plantar no pé direito, mas deve ir para o jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.