Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Dida Sampaio/ Estadão Conteúdo
Dida Sampaio/ Estadão Conteúdo

Sobe para 82 número de casos de covid na Copa América, diz Ministério da Saúde

Do total, 37 são de jogadores e membros das delegações, e outros 45 são de funcionários contratados. Número desta sexta-feira representa um aumento de 17 testes positivos em relação aos dados da véspera, divulgados pela Conmebol

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2021 | 23h23

Subiu para 82 o números de casos de covid-19 entre pessoas envolvidas na realização da Copa América. A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira, dia 18. O número representa um aumento de 17 testes positivos em relação ao número divulgado pela Conmebol na véspera

Do total de contaminados, 37 são de jogadores e membros das delegações e os outros 45 de prestadores de serviços contratados para o evento. Segundo a pasta, os casos abrangem as quatro sedes do torneio: Brasília, Rio de Janeiro, Cuiabá e Goiânia

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, foram realizados 6.926 testes de RT-PCR entre os atletas, membros das delegações e prestadores de serviços. O  índice de positividade de casos por covid-19 geral foi de 1,2%. 

Apesar de garantir que se esforça para evitar a disseminação do coronavírus, a Conmebol tem sido alvo de questionamentos pela insistência na realização do torneio. O atacante Marcelo Moreno, um dos infectados na delegação boliviana, fez duras críticas à entidade por realizar a Copa América em meio à pandemia do coronavírus. Ele mencionou o crescimento de casos relacionados à organização do torneio.

A Copa América 2020 — adiada em um ano por conta da pandemia — seria realizada na Colômbia e na Argentina. Após os países declinarem de sediar o torneio por conta de protestos contra o governo e o aumento no número de casos de covid, respectivamente, o Brasil se tornou opção da Conmebol para a disputa da competição. 

Nesta sexta-feira, o País registrou 2.449 mortes em 24 horas e se aproxima de 500 mil óbitos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.