Bruno Haddad/Divulgação
Bruno Haddad/Divulgação

Sóbis lamenta revés, mas exalta apoio da torcida do Flu

Atacante revela que jogadores receberam incentivo de torcedores no voo de volta ao Rio

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 19h49

RIO - A derrota para o Vasco, na quarta-feira, em Florianópolis, acendeu a luz amarela no Fluminense. A distância do time para o primeiro que ocupa a zona de rebaixamento do Brasileiro, o próprio Vasco, é de apenas dois pontos. E o próximo jogo do time das Laranjeiras vai ser neste sábado, contra o vice-líder da competição, o Grêmio. O confronto será no Maracanã e os atletas esperam contar com o apoio da torcida.

"Recebemos o apoio de vários deles no voo de volta de Santa Catarina para o Rio. Se prevalecer esse espírito, isso vai ser muito bom para todos nós. Eles estão vendo que esforço não nos falta", declarou o atacante Rafael Sóbis. "Estou impressionado porque os passageiros que eram Fluminense nos procuraram e se identificaram. Isso é difícil de acontecer quando a fase está ruim. Eles falaram que estão juntos da equipe e nos deram ânimo a mais para a gente prosseguir."

Apesar de exaltar a boa relação com a torcida, Sóbis sabe que a situação do Fluminense não é das melhores. Para o atacante, a derrota para o Vasco, na qual o time completou a terceira partida seguida sem vencer, recolocou os comandados de Vanderlei Luxemburgo na briga contra o rebaixamento. "O resultado adverso nos fez voltar a uma situação que estávamos vivendo e não queríamos, mas o momento não é de se lamentar. Temos de esquecer e nos preparar para a próxima. Para nossa sorte já temos jogo sábado. O Fluminense tem de olhar para frente e não para o que passou", comentou. O técnico Vanderlei Luxemburgo, que estava suspenso pela justiça desportiva e era substituído pelo auxiliar Júnior Lopes, vai poder comandar o time novamente, no jogo com o Grêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.