Sochaux empata e sobrevive no campeonato francês

O Sochaux conseguiu um ponto precioso em sua luta pela sobrevivência na liga francesa neste domingo, com um empate de 1 x 1 com o Mônaco que nem por isso satisfez Francis Gillot. O técnico mais uma vez criticou a arbitragem, segundo ele responsável pelo resultado insípido de sua equipe. Um gol de Carlão para o Sochaux foi anulado por suposta falta. O técnico do Mônaco avaliou que não houve falta e Gillot implicou com o árbitro Philippe Kalt. "Se quisermos, podemos ficar na tribuna (suspenso) o ano inteiro por ter criticado a arbitragem, não vejo muitos juízes lá," disse Gillot em uma coletiva de imprensa. "Se eu for falar de novo sobre a arbitragem, vou falar de três partidas. Entre VA e aqui, deveríamos ter quatro pontos a mais." "Deixo o trabalho a vocês, a mídia, de dizer o que quiserem, e talvez acreditem em vocês." O atacante tunisiano Santos abriu o placar para o Sochaux aos oito minutos e Alejandro Alonso igualou aos 19 minutos, e pouco depois a partida se tornou monótona. O Sochaux é o 18 colocado com 12 pontos em 17 jogos, distante quatro pontos do Saint-Etienne, este fora da zona de rebaixamento. O Mônaco continua em décimo com 23 pontos e está adiante em diferença de gols do Lorient, que bateu o Bancy por 1 x 0 graças a um gol de Kevin Gameiro a sete minutos do encerramento. O Nancy, que se classificou para a Copa da Uefa no final da temporada passada antes de perder alguns jogadores fundamentais, é o 15 colocado com 19 pontos. Grenoble e Auxerre permanecem em situação confortável depois de um empate sem gols. O Paris Saint-Germain recebe o Le Mans neste domingo preocupado em se manter na quinta colocação da tabela (em andamento).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.