Sócrates critica calendário da CBF

Em cerimônia na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), o ex-jogador Sócrates demonstrou "total descrença" de que seja cumprido o calendário para o futebol brasileiro, anunciado hoje de manhã, pela CBF. "Este calendário é uma grande mentira e é mais um acordo deste cartel que não está interessado em organizar o futebol", afirmou ele, que citou o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, o presidente do Clube dos 13, Fábio Koff, a Traffic e a Pelé Sports & Marketing, como integrantes do cartel.

Agencia Estado,

26 de junho de 2001 | 15h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.