Sofreremos enquanto reforços não chegarem, diz Renato

O técnico Renato Gaúcho voltou a reclamar dos desfalques e a pedir reforços no Fluminense, após a derrota por 3 a 1 para a Portuguesa, na noite de quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro. O vice-campeão da Libertadores ocupa a penúltima posição na tabela."Não é qualquer treinador que perde 60% de sua força e joga contra as outras equipes com força total e obtém todos os resultados que espera", afirmou o técnico. "Enquanto os reforços não chegarem, a gente vai sofrer", previu.Renato disse que reconhece os esforços da diretoria do Fluminense para contratar jogadores, e afirmou que - caso o clube não esteja satisfeito com seu trabalho - deixará a equipe sem problemas. "Quando os resultados aparecem, só tem uma pessoa que é culpada, o treinador. Quando ganha, quem menos leva os méritos é o treinador. Minha consciência está tranqüila, sei que a gente vive um momento infeliz. Se tiver de ir embora, eu vou, mas com minha consciência tranqüila", disse o técnico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.