Eddie Keogh/Reuters
Eddie Keogh/Reuters

Son, do Tottenham, cumpre serviço militar durante parada do futebol inglês

Clube afirma que equipe médica está em contato com o jogador e prevê retorno em maio

Redação, Estadao Conteudo

06 de abril de 2020 | 16h19

O Tottenham Hotspurs anunciou que o atacante Son Heung-min aproveitará a suspensão das competições do futebol inglês para prestar serviço militar obrigatório em sua terra natal, a Coreia do Sul. "O Tottenham confirma que Son Heung-min iniciará o serviço militar obrigatório na Coreia do Sul durante este mês (abril). O jogador chegou ao seu país no fim de março e está atualmente em quarentena", notificou o clube nesta segunda em sua página oficial.

Apesar da convocação, o Estado sul-coreano já havia concedido autorização para o jogador descumprir o serviço militar completo, após a seleção sul-coreana ter conquistado medalha de ouro nos Jogos Asiáticos de 2018. Son é tido como referência do futebol em seu país. "Nossa equipe médica tem estado em contato permanente com o jogador enquanto ele se recupera de uma fratura no braço", completou o clube londrino, que prevê o retorno de Son à Inglaterra no fim de maio, ao término do serviço militar.

Ainda não há uma data concreta para a retomada das atividades do futebol inglês. Anteriormente, previa-se que a Premier League, primeira divisão do campeonato nacional, se iniciaria novamente no dia 30 de abril, mas na última semana foi decidido que a suspensão está mantida por tempo indeterminado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.