Sonegação: termina audiência no Rio

Após o depoimento das testemunhas de defesa, no processo por sonegação de imposto de renda, o técnico Wanderley Luxemburgo e Renata Moura Alves deixaram à Justiça Federal do Rio, demonstrando espíritos opostos. Enquanto Renata comemorava, Luxemburgo falou pouco com a imprensa. Para o advogado do treinador, Michel Assef, não há motivos para que a estudante de Direito festeje. "A Renata é ré no processo e, se tem alguém para ser culpada, é ela."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.