Sonho de jogar na Europa mais distante

Jogar na Itália, Espanha ou Inglaterra sempre foi sonho da maioria dos jogadores de futebol brasileiros. Alguns conseguiram realizá-lo. Para os demais, a situação ficou mais complicada. Especialistas dizem acreditar que a medida adotada pela Federação Italiana, que limitou a contratação de atletas que não pertençam à Comunidade Européia a apenas um por equipe, para preservar o mercado interno, pode ?contaminar?, em um curto período de tempo, outros países. Nem mesmo a conquista do pentacampeonato mundial parece ser suficiente para interromper a onda de pessimismo.Leia mais no O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.