Sonia Racy, exclusivo: presidente do Santos se afasta por 60 dias do clube

Luis Alvaro vai cuidar da saúde

O Estado de S. Paulo

27 de novembro de 2012 | 18h12

SÃO PAULO - A jornalista Sonia Racy informa com exclusividade no blog Direto da Fonte que o presidente do Santos, Luis Alvaro, vai se licenciar do clube por 60 dias. O dirigente aproveita esse tempo para cuidar da saúde. O Santos se despede do Campeonato Brasileiro neste sábado, no clássico com o Palmeiras, às 19h30, na Vila Belmiro.

Luis Alvaro, presidente do Santos, em entrevista à Rádio Globo, não gostou das cobranças públicas de Muricy Ramalho pela demora do clube na contratação de reforços. "Não acho que é exatamente a posição mais confortável para a direção do Santos", disse o presidente. "Quando as cobranças existem em um ambiente interno, elas são mais razoáveis e ponderáveis. Mas o Muricy tem esse estilo e a gente tem que respeitar. É uma pessoa do bem. Nessas horas em que o coração sobe à boca, as coisas têm de ser entendidas de outra forma - acrescentou ele, que classifica o trabalho de Muricy como 'incontestável'."

Luis Alvaro também comentou sobre o interesse do Santos por Montillo, meia do Cruzeiro. "A gente ainda está no fim de novembro. Não falamos de jogador antes que esteja efetivamente contratado. Que o Montillo é craque, todo mundo sabe. Que se encaixaria bem no Santos, também. Mas quem detém os direitos dele é o Cruzeiro. A decisão, portanto, é do Cruzeiro. Temos de respeitar, não há nada a contar em termos de novidade."

Hernán Barcos também aparece nas especulações do clube santista. Ao ser questionado na entrevista sobre a possibilidade de ter conversado com o irmão do atacante argentino, do Palmeiras, Luis Alvaro desconversou mais uma vez. "Não posso falar de pessoas que me procuraram, ficaria rouco. O Santos é uma vitrine reconhecida. Talvez seja um dos três brasileiros com mais prestígio lá fora."

Tudo o que sabemos sobre:
Santos fcluis Alvarosonia racy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.