Sorín não sabe do interesse do Barça

Os dirigentes do Cruzeiro e o lateral-esquerdo da equipe, Sorín, negaram nesta segunda-feira que o jogador possa estar sendo negociado com o Barcelona, e não mais com a Lazio. A notícia de que o Barça havia entrado na disputa pelo argentino - a Lazio chegou a fazer proposta de US$ 7 milhões pelo passe - foi divulgada pela imprensa espanhola. O clube estaria oferecendo 10 milhões de euros (cerca de US$ 8,7 milhões) pela transferência. "Fui surpreendido por esta informação", disse Sorín. "Mas tomo isso como mais um boato, pelo menos até que surja algo de oficial." A diretoria cruzeirense também assegurou que não houve nenhum contato de representantes do Barcelona e que tudo, por enquanto, não passa de especulação. Quanto à Lazio, de acordo com a assessoria do clube mineiro, a proposta realmente foi feita à Hicks, parceria da equipe e dona de metade do passe do argentino, mas o negócio ainda não foi fechado em razão do valor oferecido, considerado baixo. Enquanto circulavam os boatos sobre a venda de Sorín, o técnico Marco Aurélio retomava, à tarde, os trabalhos na Toca da Raposa, visando ao jogo de quarta-feira contra o Londrina, no Paraná, pela Copa do Brasil. O técnico terá um importante reforço em relação ao grupo que empatou por 1 a 1 com o Atlético-MG, sábado, pela Copa Sul-Minas: o meia Vander, que cumpriu suspensão no clássico. Um desfalque certo, no entanto, será o atacante Jussiê, vetado pelo departamento médico em razão de problemas musculares. Ele deve dar lugar a Lúcio, que forma a frente com Edílson e Fábio Júnior. Já o volante Fernando Miguel, que deixou o gramado do Mineirão, contra o Atlético-MG, com suspeita de fratura no nariz, sofreu, na verdade, apenas uma pancada leve. O jogador treinou normalmente nesta segunda e deve atuar no Paraná.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.