Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Sornoza aceita reduzir salário e deve trocar Corinthians pela LDU

Jogador equatoriano perdeu espaço no clube paulista na reta final da temporada e deve voltar ao futebol do seu país

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2019 | 12h47

O meia Sornoza deu mais um passo para deixar o Corinthians e acertar com a LDU, do Equador. O principal empecilho para a negociação ser sacramentada até então era o alto salário do jogador, que agora aceitou receber menos para voltar ao seu país de origem. 

O equatoriano deve ser o terceiro jogador do atual elenco a deixar o Corinthians. Junior Urso irá para o Orlando City e Clayson está perto de acerto com o Bahia. Sem esses três jogadores, o Corinthians deve reduzir em cerca de R$ 1 milhão a folha salarial. 

Sornoza tem contrato até o fim de 2022 com o Corinthians e seria emprestado até dezembro de 2020, com a opção de compra por um valor pré-fixado ao término deste período. Dessa forma, o clube brasileiro se livraria do seu custo salarial.

O equatoriano chegou ao clube paulista no início da temporada, contratado junto ao Fluminense. Ele começou entre os titulares e se destacou pela bola parada. Terminou o ano como líder em assistências, 11 no total, mas também na reserva. Ele perdeu espaço após a saída de Fábio Carille.

Até agora, o Corinthians oficializou apenas a contratação do atacante Luan, ex-Grêmio. A diretoria tenta também trazer o volante Victor Cantillo, do Junior Barranquilla, e o atacante Michael, do Goiás.

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansJunior Sornoza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.