Mailson Santana/Fluminense FC
Mailson Santana/Fluminense FC

Sornoza retorna aos treinos no Flu, mas ainda é dúvida para jogo contra o Inter

Meia equatoriano trabalhou junto com o grupo após sofrer um edema na coxa no último domingo

Estadão Conteúdo

09 Agosto 2018 | 20h37

Depois de sofrer um edema na coxa esquerda durante o empate por 1 a 1 com o Bahia, no Maracanã, no último domingo, o meia Junior Sornoza foi a principal novidade do treinamento que o Fluminense realizou nesta quinta-feira.

O jogador equatoriano trabalhou normalmente com os seus companheiros na atividade no CT da Barra, mas ainda não tem presença certa na equipe que enfrentará o Internacional na próxima segunda-feira, às 20 horas, novamente no Maracanã, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na última segunda, exames descartaram uma lesão grave em Sornoza, mas apontaram um pequeno problema que ainda gera preocupação. Ele realizou tratamento nos últimos dias e nesta quinta deu a impressão de que está recuperado, mas ainda é preciso esperar a sua evolução nos próximos treinamentos da semana para saber se será confirmado para o duelo diante da equipe gaúcha.

O elenco tricolor folgou na segunda-feira e na terça, antes de retornar aos treinos apenas na quarta, quando os jogadores realizaram apenas trabalhos regenerativos e uma leve atividade no gramado. Nesta quinta, os titulares voltaram a treinar no campo e o técnico Marcelo Oliveira orientou jogadas de contra-ataque e cruzamentos, além de posse de bola. Já os jogadores considerados reservas que participaram por mais tempo de um jogo-treino no dia anterior foram preservados.

O Fluminense ocupa a nona posição do Brasileirão, com 22 pontos, e vem de dois resultados considerados ruins na competição. Primeiro foi superado pelo Ceará por 1 a 0, em Fortaleza, e na sequência não soube aproveitar o fator campo para derrotar o Bahia. A última vitória no torneio foi conquistada no dia 25 de julho, quando bateu o Palmeiras por 1 a 0, no Maracanã, pela 15ª rodada.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.